A Lua na 5ª Casa

O Sol na 5ª Casa força e reforça sua individualidade com hobbies, romances e expressões criativas; quem tem a Lua nesta casa, no entanto, fixa-se nessas mesmas saídas em busca por conforto, segurança e tranqüilidade. Enquanto o Sol de 5ª Casa briga para ser criativo, uma Lua de 5ª Casa se sente mais "em casa" criando. A expressão artística é inata e natural. Um senso inerente de importância e de ser especial permite que essas pessoas se divirtam; elas não têm de provar nada. É claro que os aspectos da Lua devem ser examinados para ver com que grau de facilidade ou dificuldade esse princípio opera.
A menos que a Lua receba aspectos difíceis de Saturno ou dos planetas exteriores, normalmente existe o desejo de gerar filhos. Nós sempre encontramos a mãe, não importando em que casa a Lua se encontre. Neste caso, o relacionamento estabelecido com a mãe durante os anos de crescimento podem ser revividos através de seus próprios filhos. Como exemplo, pode-se dizer que se esta pessoa acha que a mãe não gostava dela quando era pequena, ela pode temer que seus filhos não gostem dela ou que eles não vão gostar de seus filhos. A Lua em qualquer casa evoca velhas lembranças e faz associações. Do mesmo modo, tudo que se refere à mãe poderia ser revivido em românticas confusões.
Muitas vezes quem tem a Lua na 5ª Casa chama bastante a atenção do público. A maneira como se apresenta é agradável, envolvente e, na maioria das vezes, não ameaça as pessoas, como se houvesse algo vagamente conhecido a seu respeito. Sir Laurence Olivier, conhecido por sua habilidade em retratar impecavelmente um grande número de caracteres, nasceu com a inerentemente perspicaz e habilidosa Lua em Virgem, na 5ª Casa.

3 comentários:

Anônimo disse...

Eu sei que estou no post errado. Mas tenho Saturno na casa 5, com Sol na casa 11. Os dois estão em domicílio (Sol em Leão, Saturno em Aquário). Plutão (em Escorpião) faz quadratura com eles na casa 2. Eu fiquei muito triste, porque é verdade. Já tentei romances, mas todos fracassaram miseravelmente. Mesmo assim eu não entendo porque eu me divirto muito (com bebês e filhotes, talvez porque tenho Lua e Vênus em Câncer, só que na casa 10). Tenho 1 amigo, mesmo assim me frustra. Tive um relacionamento crítico com meu pai na infância e adolescência, esse período foi o mais triste, inclusive quase fugi de casa (Urano e Netuno na casa 4) e tentei suicídio algumas vezes (marte em Libra na casa 12), acho que só estou vivo por causa de Júpiter na casa 12. Eu tenho muitas dúvidas, você se importa se eu conversasse com você?
paulohenriqueperes1993@gmail.com

Lara disse...

Olá Paulo, me mande um e-mail... podemos conversar sim, no que eu puder, estou a disposição.
Grata,
Lara.

Anônimo disse...

Nossa, me vi nos relatos do Paulo. Espero que ele tenha aprendido a conviver com as marcas do passado.
Abraços.