Virgem e Prostituta

Este par arquétipo - criança e velha - se vê complementado por outra oposição entre a virgem e a prostituta. Aqui o antigo simbolismo da Virgem não expressa a negativa a ser fecundada, mas o contrário, a profunda quietude da substância que aguarda, em sua entrega, ser impregnada pelo outro pólo da união. A plasticidade e inocência se reúnem com o silêncio e a confiança - a sabedoria da função lunar - renunciando a reproduzir as velhas marcas, entregando-se por completo as forças de formação. O arquétipo virginal contém assim a possibilidade de se renovar barrando as voltas do passado, mas não a partir de uma atividade positiva e sim inibindo e demorando em sua reprodução, a fim de que a nova fecundação seja tão profunda como para cancelar todas as pegadas anteriores.

O oposto à isto se simboliza tradicionalmente com a prostituta, em quem se arquetípica a ânsia da atividade lunar para entregar-se a forma, respondendo voraz e mecanicamente a qualquer estímulo para construir de imediato sobre ele, com frenesi, para repetir, em resposta a impulsos superficiais, ao mesmo padrão de crescimento pelo próprio crescimento.

Esta hiperatividade a arrastará a uma desordem destrutiva, como nos casos dos tumores cancerosos nos quais a atividade celular se torna independente por completo dos limites da forma que lhe corresponde.

Em planos psíquicos, por outra parte, esta dimensão aparece na excessiva excitação da imaginação, quando não pode deter suas construções e invade desmedidamente a percepção do mundo. Também se relaciona com o desencadeamento de pensamentos incontáveis, que recorrem várias vezes aos mesmos circuitos quando o temor invade, retirando toda a possibilidade criativa.

Esta exasperação da qualidade de entrega, em um ritmo que anula a existência do outro pólo e se fecha sobre si em uma auto-suficiência destrutiva, é uma tendência possível da função lunar, em seus múltiplos planos de manifestação.

4 comentários:

Marcia Souza disse...

Quero mais!
Bjs

KARINA L.A. disse...

Obrigada por gostares dos meus desenhos no blog "kaearte.blogspot.com". Teus blogs tb são fascinantes!!!Vc faz mapa astral?
abraço,
Karina

Anônimo disse...

Este texto faz parte do tópico "Lua em Virgem"?

Lara Moncay disse...

Olá anônimo.
Não essa postagens se relaciona a interpretação da Lua de modo geral...
Obrigada pela participação.
Lara