Mercúrio na 10ª Casa

As qualidades e princípios associados a Mercúrio são normalmente refletidos na escolha da carreira quando ele se encontra na 10ª Casa. O trabalho pode ser de escrever, ensinar, imprimir, conferenciar, vender, estar ligado à mídia, a telecomunicações, a habilidades secretariais ou administrativas, à destreza manual e ao transporte de bens ou pessoas de um lugar para outro. Enquanto procuram uma carreira e perseguem ambições profissionais, eles podem aprender a respeito de si mesmos e do ambiente ao seu redor. Quem tem este posicionamento gosta de parecer brilhante, inteligente e capaz, e vai querer ser lembrado por essas qualidades.
Se a 10ª Casa significa a mãe, então Mercúrio é a imagem dela. Se ela era vista como esperta e articuladora, a criança tenta imitar esses traços e desenvolvê-los em si mesma. A mãe pode ter enfatizado a importância de uma boa educação e a necessidade de ser inteligente e expressivo na vida. Ela também pode ter sido sentida como fraca e mutável, nem sempre presente, como se seu corpo estivesse ali mas sua mente em outro lugar. Eu tenho visto maus aspectos a Mercúrio na 10ª Casa em mapas de pessoas cujas mães eram mentalmente instáveis. Quando assediado de aspectos duros, este posicionamento pode também significar problemas de comunicação entre os pais e a criança e dificuldades em se entender e gostar um do outro.
Gêmeos na cúspide da 10ª Casa indica mais de uma importante carreira na vida. O trabalho pode estar vinculado a parentes próximos ou sogros. Às vezes, pode haver duas pessoas que fizeram o papel da mãe. Virgem na 10ª Casa enfatiza um orgulho na impecabilidade ou exatidão de seu trabalho. Nesse caso, a mãe pode ter sido apreciada como muito trabalhadora, crítica e ordenada, dependendo dos aspectos que Mercúrio recebe.

4 comentários:

Vancourt disse...

Meu Mercúrio é Sagitário na cúspide da 10.

A minha mãe é quem me ensinou a importância de falar bem. Eu tenho ela como se fosse um "centro" de nutrição minha (a minha lua é taurina). Sempre nos comunicamos muito bem. Quanto às minhas profissões, é tudo envolvido em artes. Adoro letras, subjetividade, o oculto da comunicação.

Vancourt disse...

Continuando...

Sempre fui bem-visto socialmente. A minha figura (como professor) é sempre muito bem recebida. Eu tenho "poder" - se é assim que chamam - no social, quando que sendo um orador. A minha voz é "linda" - opinião das pessoas -, é uma voz "taurina": grave, sedosa e que te entorpece, ainda assim, firme.

O meu maior problema foi sempre me expressar, verbalmente, o meu eu sendo expresso pelo meu mercúrio é uma tragédia. Fora esse holocausto verbal, eu falo muito bem.

Lara Moncay disse...

Grata pelos comentários.

Lydia disse...

Tenho mercúrio na casa 10 (Libra) Minha mãe era totalmente mentalmente instável! Desde adolescente não me dou bem com ela e hoje nem nos falamos mais..