Júpiter na 6ª Casa

Júpiter pode parecer meio constrangido, na 6ª Casa da saúde, aos ajustamentos, à necessidade e ao funcionamento das coisas mundanas, mas, sem se preocupar com o que faz com seu tempo, ele sempre tenta fazer algo significativo. Quem tem Júpiter nessa casa procura (ou deveria procurar) uma experiência significativa na vida através do trabalho e do serviço prestado a outros. A autopurificação e o aprimoramento de suas habilidades propicia-lhes um maior sentido de bem-estar e satisfação.
Como na 3ª Casa, Júpiter pode manifestar-se de várias maneiras. Com o intuito de fazer o máximo para si mesmos e para os outros, alguns podem correr de uma tarefa para a outra a fim de passar rapidamente para a próxima. Outros, no entanto, se aplicarão a qualquer pequeno trabalho com a maior diligência e concentração. Como na tradicional cerimônia japonesa do chá um detalhe mínimo pode assumir uma importância cósmica.
Terão orgulho em sua profissão e geralmente demonstram muita energia que os ajuda na situação de empregados. Embora Júpiter esteja pronto a acreditar que esta é a melhor maneira de fazer as coisas, eles normalmente mantêm um bom relacionamento com seus colegas de trabalho. Este posicionamento pode indicar um trabalho de natureza jupiteriana envolvendo viagens, relações públicas, atividades educacionais, arte promocional, cultura, esportes, religião etc.
Alguns tendem a arrumar tantos afazeres na vida que não terão nenhum tempinho para cuidar do corpo. Outros, entretanto, podem ser obcecados com a saúde ou em fazer do corpo um melhor invólucro para o espírito. Estas pessoas dispõem-se a fazer qualquer nova dieta, técnica ou exercício que lhes; prometa o céu na Terra. Na verdade, o dia inteiro pode ser tomado por essas atividades: levantar às sete, fazer seis respirações profundas para limpeza dos brônquios, uma caminhada de dois quilômetros, chuveiro quente e frio alternado, um pouco de ioga, meditação e depois um lanche de farelo de trigo, grapefruit e uma noz. Embora Júpiter na 6ª seja normalmente associado com excesso de comida e bebida, observei os extremos de Júpiter operando ao contrário: depois de grandes banquetes, a pessoa com esta posição pode passar uma semana inteira comendo só uvas, por exemplo.
Em muitas ocasiões encontrei Júpiter na 6ª Casa em mapas de pessoas que desenvolveram um câncer, mas que em boa proporção conseguiram superar a doença. Por natureza, este planeta representa "produção em excesso" e, nestes casos, são as células no corpo que proliferam. Há uma relação íntima entre a mente e o corpo, ou entre a psique e o soma, e qualquer planeta na 6ª Casa tem influência nessa engrenagem. Por exemplo, se gasta tempo demais servindo aos outros, um ressentimento oculto poderia levar uma pessoa a se perguntar: "Quando vai ser a minha vez?", ou, "E eu?". A doença pode ser a única maneira que a pessoa encontra para justificar a atração de alguma atenção para si. Júpiter nos pede para crescer, nos expandir e nos desenvolver em diferentes áreas de nossa vida e se por alguma razão evitamos fazer isso então as células do corpo podem assumir o compromisso por nós, começando a crescer e a se expandir. Felizmente, não é difícil para pessoas com Júpiter na 6ª Casa entenderem simbolicamente a doença e vê-la no contexto de suas vidas como um todo. Na procura da cura, elas fazem alterações significativas e mudanças em seu modo e filosofia de vida. Quem tem Júpiter na 6ª pode ser o tipo de pessoa que inspira outras a participarem mais positivamente em seu próprio benefício. Contrastando com isso, um Júpiter mal aspectado de 6ª Casa é, às vezes, um indício de que esse tipo de pessoa adoece nas férias ou em viagens ao exterior.

Um comentário:

A Menina das Ideias disse...

Caraca me identifiquei rss vou prestar mais atenção no meu comportamento para não ficar doente seriamente. Eu sou do tipo q qse não adoece, mas quando adoece é pra valer. E tb tenho essa caracteristica de passar mal depois de um grande estresse. Foi muito util sua postagem, obrigada!